Projeto NMN em forma – parte II

Olá, meninas!

O post de hoje é especial e vou dedicá-lo a duas companheiras blogueiras virtuais: à Biessa, do Linda, Leve e Noiva que me inspirou a correr atrás da boa-forma (já que ela não vai correr atrás de mim MESMO! hahahaha) e à Dri do Vale a Pena Emagrecer, que mostra post atrás de post como é preciso força de vontade para manter as nossas decisões… Descobri o blog porque o NMN foi colocado no blogroll dela e as pessoas começaram a clicar, o que fez que o link  aparecesse aqui para mim!

Hoje fui à minha primeira visita no endocrinologista. Primeira da minha vida. EVER.

Se eu não fizer algo já, essa vou ser eu no casamento!!!

Há cerca de um mês atrás, quando escrevi aquele post sobre meus quilinhos a mais, liguei para marcar. Mas com meus horários superespeciais, minha consulta só foi marcada para hoje…

Devo admitir que me animei logo cedo: ao digitar o nome da médica no google (eu não sabia onde havia anotado o endereço), descobri que ela tinha site. Eu simplesmente ADORO gente/organizações/empresas etc com site bonitinho. Sei lá, mania de blogueira? hahaha Descobri que a indicação de endocrino era quente mesmo: ela costuma publicar em revistas de dieta e dar entrevistas na TV.Você pode ver o site da Dra. Adriana Moretti AQUI.

Ao ver a localização do consultório, outro sorriso: quarteirões da casa do Gustavo. Numa cidade como São Paulo, que tem o tamanho da China….what are the odds?

Já liguei para ele e combinei o almoço pós-doutora. Claro que não me lembrei de cara que eu provavelmente sairia de lá sob dieta….hahahaha

Achei o lugar muito fácil, em um prédio comercial, muito organizadinho. O consultório era lindo, com uma sala de espera separada da recepção, o que deixava a gente mais à vontade para ler uma das revistas lá ou assistir ao DVD de show passando na TV. No meio tempo, era possível tomar um cafezinho, chá ou até beslicar alguma coisa também.

Adooooooooro. Não tem jeito. Ninguém merece médico com consultório que tem cara de sofrimento, não é? Já é sofrimento demais ter que emagrecer…hahahaha

Na hora da minha consulta nada de Dra. gritando meu nome lá de dentro. Ela veio até a porta do consultório, olhou para mim, me chamou pelo nome e me deu um beijo no rosto, daqueles de cumprimentos mais informais. Aí conversamos alguns minutos sobre o que eu fazia antes de entrar na questão em si – e ela descobriu que eu dou aula na escola onde as filhas dela vão estudar ano que vem, o que gerou mais uns minutinhos de papo visto que eu sou simplesmente APAIXONADA pela escola e ela que está super feliz de transferir as filhas para lá.

Depois disso, ela perguntou com um sorriso: Como eu posso te ajudar?

E com tanta simpatia, eu não medi as palavras para contar tudo: desde o fato que eu engordei, até os anos em que eu fingi que nada havia acontecido, a minha infelicidade, a dificuldade de achar roupas, minha preocupação com o vestido de noiva, em estar linda para o Gustavo todo dia (não só no casamento), o fato de que eu sou chata para comer e não abro mão do meu macarrão nem-a-pau-juvenal, que eu acho que comer mato é coisa de vaca, que meu peso estava me trazendo problemas de saúde e até dificuldades profissionais (às vezes eu sinto muitas dores nas pernas se ficar em pé a tarde toda! E como eu dou aula sentada? Não existe….).

Ela foi calmamente anotando tudo no computador. Pediu um histórico da minha saúde de maneira geral, dos meus pais e avós…e pediu para que eu fosse ao outro cômodo, tirasse a roupa e subisse na balança.

A hora da verdade: 1,61 m para 71,9 kg. E eu ainda nem contei para ela que acabei de ficar menstruada então…na verdade dei uma bela desinchada. Provavelmente eu pese ainda mais que isso. Aí ela mediu minha a circunferência da barriga – dado para matar qualquer mulher do coração – e eu senti um aperto no coração ao ver os 93 cm que ela anotou lá. Pô…é quase 1 m de barriga, é isso mesmo?????? A partir dos 88cm a mulher já está em risco cardiovascular, o que mostra de cara que caber no vestido de noiva é um mero detalhe na conta toda!

Depois ela pediu que eu deitasse na maca para fazer um exame chamado Bioimpedância, uma avaliação computadorizada de gordura corporal para cálculo do peso ideal. Com eletrodos no meu corpo, o computador mostrou em poucos segundos quanto de gordura havia no meu corpo, quanto seria a meta que teríamos de alcançar, quanto dos meus quilos eram pura gordura, quanto de água havia no meu corpo (pasmem….deu leve desidratação! Preciso beber mais água!) e mais um monte de outros dados do tipo.

Com esses números em mãos, recebi um plano de ação:

1. Encaminhamento para check-up geral, com exames que vão desde testes hormonais até glicemia, tireóide…essas coisas. Várias coisas que poderiam justificar minha gordurites S.A. Vou fazê-los no sábado de manhã, em laboratório indicado por ela.

2. Um livro inteiro com a minha dieta. Sério. hahahahaha Eu posso comer absolutamente tudo (tem até uma seção Mc Donald’s), mas não posso passar dos 350 pontos em 24 horas. Agora é comer fazendo continhas…

3. Ela perguntou o que eu achava de tomar remédio para emagrecer. Eu disse que tinha medo dos efeitos colaterais, mas que não me opunha. Para mim, obesidade é uma doença como qualquer outra. Se meu organismo precisa de ajuda (e meu psicológico! Com certeza vou me animar depois de ver que meu esforço está valendo a pena…), vamos dar ajuda a ele. Me deu duas opções, falou dos efeitos colaterais e resultados de cada um. Escolhi um, ela me deu uma caixa com 10 para eu testar antes de comprar, ver como meu corpo reage. E já me deixou com receitas para dar conta até a próxima consulta, em 8 de dezembro. Decidi não ler a bula por enquanto, para não ficar preocupada demais com besteira.

4. Ela me deu uma receita para mandar manipular um remédio e um creme para ajudar a combater a minha celulite. Achei o máximo. Mostrou a percepção dela com relação o que está feio no meu corpo e que eu provavelmente queira mudar junto com os quilos a perder. Cuidar do todo e não só do emagrecimento. Ela também me perguntou dos meus cabelos e unhas, para ver o metabolismo no geral…mas esses estão ok.

E por enquanto, é isso. Vou fazer os exames no sábado, já mandei manipular o creme e o comprimido para a celulite e começo com o remédio amanhã. A dieta eu comecei assim que saí do consultório: escolhi um restaurante bem light para almoçar com o Gu, que estava todo feliz pela minha iniciativa de me cuidar e vai me apoiar um monte, tenho certeza.

Espero ter ótimas notícias a compartilhar com vocês, loguinho. E espero que daqui uns 3 ou 4 meses eu tenha animo para ver o meu vestido. Por enquanto, não tenho…

Menos mal: por enquanto temos mil outras coisas para ver!

Beijos,

Ise

 

 

Anúncios

30 Respostas para “Projeto NMN em forma – parte II

  1. Muito legal sua médica!
    Eu também tive um problema hormonal há alguns anos e nunca consegui voltar ao peso inicial…
    Bom, mas também nunca tive assim aqueeeeeele empenho na dieta e na academia! hahaa
    Do meio do ano pra cá voltei pra academia e comecei a tentar me alimentar melhor. Já consegui melhorar bastante, emagreci 4kg no início e aí deu aquela parada típica…
    Em setembro, por indicação de uma amiga, comecei um tratamento estético chamado bambuterapia (que eu nunca tinha ouvido falar, mas tb nunca tinha feito tratamentos estéticos antes!) e estou gostando dos resultados (é uma drenagem linfática que usa bambus, muito legal).
    Fiquei curiosa pra saber que livrinho é esse e qual foi o medicamento que ela te passou (não pra tomar, só pra saber! sou farmacêutica! haha)… me conta?

    Bjos

    • Claro que conto!

      O livrinho é uma versão da coisa dos pontos, feita por ela mesmo. Inclui pizza, mc donalds, subway e porcarias em geral.

      O remédia é Sibutramina. Escolhemos juntas entre as possibilidades e os efeitos bons e ruins.

      Estou procurando uma atividade física que se adeque aos meus horários….

      Minha meta ideal seriam 13,5 kgs a menos. Mas ela disse que 10 já estarei saudável. Nunca tive intenções de ser magérrima ou modelo, mas realmente cheguei num ponto em que preciso de ajuda.

  2. Ise,achei muito legal sua iniciativa de escrever este post.Admiro sua força de vontade.Estou aqui torcendo para que você alcance seu objetivo.Olha,você vai ficar ainda mais linda de noiva e o mais importante com a saúde 100%!Eu quero ver as fotos depois!
    bjs

    • Vê….você não tem ideia de quantas pessoas me escreveram dizendo que estão na mesma que eu!!! A gente simplesmente precisa deixar os tabus e falar sobre os nossos problemas…encontramos acolhimento, experiência alheia e muita, mas muita gente na mesma…

  3. Que legal Ise!!! Bom que o motivo não seja soh a aparencia – faz total diferença na hora que atacar a vontade de largar as continhas e atacar guloseimas!

    força na peruca!!!

  4. Muito legal que você entrou na dieta. Estamos juntas! 🙂

    Agora… me preocupo também com isso de remédios para emagrecer. Nunca usei (morro de medo!). Principalmente pq todo mundo que eu conheço que usou depois que parou engordou o dobro… Beijos!

    • Então….eu tenho medo…mas obesidade é doença e doença requer medicação, não é? Eu não sei você, mas no meu caso…. 35% de gordura no corpo é muito, muito preocupante!

      Eu já ouvi muito isso também, mas a médica me falou que é como antidepressivo….não pode tirar do nada e não pode parar dieta. Ela vai mexendo na dosagem e a dieta vai continuar um tempão depois que o remédio parar. Por isso não dá para tomar sem um ótimo profissional por trás mesmo

      Eu andei lendo um monte de testemunhos de quem toma na internet…e acho que pelo menos 70% das pessoas toma sem acompanhamento médico. Aí não dá…

      Eu tô pagando para ver. Mas não pretendo descuidar, especialmente porque eu e o Gustavo temos planos a curto-médio prazo de termos filhos. Não dá para ficar grávida nessas condições em que estou hoje…

  5. Ah, li que é sibutramina! Bom, menos mal. Meu endocrino prescreveu uma época e me disse que, pelos estudos atuais, ele é seguro para ser tomado por até um ano. Mas é que tem outras ‘minas’ (anfetaminas, por exemplo) que tem efeitos colaterais bem piores! Esse é mais tranquilo! beijos e boa sorte

    • Ele é bem tranquilo sim e eu estou na dosagem mínima. Meu dia com ele foi aprovadíssimo. Não senti um pingo de fome, comi quase que a força e não senti os tais efeitos. Vamos ver a famosa insônia….

  6. Tha,

    Estava louca procurando uma médica assim. Pois o que eu vou só me passa remédio.

    Liguei para marcar com a Dra. Adriana e só tem em janeiro, acredita?? Vou esperar até lá…fazer o que? rsrs

    E parabéns pela iniciativa!!!! Vai dar super certo.

    Bjinhos

    • Olá, Karine!

      Se servir de consolo, a primeira demora mais do que as outras…eu consegui menos tempo porque disse que era indicação do pessoal da escola onde eu trabalho e tals…
      Depois escreve e me conta o que você achou.

  7. To na torcida aqui para que tudo dê certo!! Força de vontade é o que emagrece meeesmo…e isso vc está tendo e terá muito mais daqui pra frente com a obtenção dos resultados.

    eu dps de anos parada…sedentária..to voltando a ativa na academia… tá me fazendo um bem danado.

    bj bj

      • tb não custo não… gosto de dança tb…até fazia mas agora nessa proximo de casa não tem:/
        dai quem me incentiva mesmo é minha irmã digo q ela é minha personal… ela me empurra para ir…pq se nao fosse ela…vixiiii ja era!

  8. Ise oi é a primeira vez que deixo um recado aqui, mas leio todos os post desde o começo.
    Não era esse medicamento que tava dando probleminha a algum tempo atrás? sei lá so to falando pq eu achei importante te lembrar (desculpe si estiver sendo indelicada), mas fora isso será que não tinha como vc passar essa dieta dos pontos pq meu endocrino tbm so receita remedio ih eu to fora…rs

    bjs parabéns pelo blog maravilhoso

    • Olá, Cristina. Eu realmente adoro ver os números da minha página virarem “gente”.
      Esse remédio “deu problema” sim, pois era vendido sem receita e o povo andou se esbaldando. Depois colocaram receita e alguns pseudo-médicos receitaram para caminhoneiros (efeito colateral é insônia e os caras não corriam o risco de dormir atrás do volante). Hoje ele é absolutamente controlado, com retenção de receita e tals, mas é um medicamento estudado há muito tempo, que foi liberado nos EUA ainda na década de 90. Como eu disse, não é algo para se usar a torto e a direito ou para emagrecer 3 ou 4 quilos. Ele é um medicamento a ser usado em caso de doença: obesidade.
      Honestamente acho que no meu caso os 93 cm de barriga e 35% de gordura no corpo são piores do que uma insônia ou a boca seca, efeitos colaterais mais comuns, visto que eu nunca tive um infarto portanto não posso ser encaixada na área dos que dão problema…
      Eu acho uma besteira absoluta esse preconceito com remédio. Se existe um médico sério e competente e um acompanhamento não tem porque não tomar por não tomar. Automedicação e obesidade sim são problemas sérios…qualquer remédio para dor de cabeça pode dar efeitos colaterais, rebote etc. Fui parar no hospital uma vez por causa de um simples diurético que a gineco me deu, justamente para evitar que eu tomasse pílula! Sei lá, como disse o Drauzio Varella, é muito mais seguro tomar remédio tarja preta com acompanhamento médico do que qualquer erva caseira por conta…
      Minha médico não receita “só” remédio. Ela foi sincera comigo e me abriu as possibilidades. No meu caso, só se eu fosse meio bobinha para ignorar o quadro. Mas cada um é cada um e cada corpo é um corpo, por isso radicalismo é falho.
      Quanto à dieta dos pontos é um livrinho que ela mesma fez acho e não tem como eu escanear folha por folha. Mas ela me ensinou a continha: qtde de calorias dividido por 3,6 é igual ao número de pontos. Para saber quantos pontos você pode consumir no dia, entretanto, precisaria fazer o tal exame que eu fiz. Eu posso chegar até 350 em 24 horas. Hoje fiz 336 com direito a M&Ms, porque o remédio me tirou toda a fome….tive que fazer força para engolir um grelhado no almoço!!!! Foi a coisa mais espetacular que já vi: consigo separar exatamente a fome da vontade de comer. Não sofri, não passei o dia pensando em comida e simplesmente estava satisfeita de um modo que…nem lembro quando senti pela última vez. Não tive nenhum efeito colateral durante o dia, só senti a boca um pouco seca. Vamos ver como vai ser a tal insônia…
      Boa sorte para você!
      Beijos.

  9. Iniciativa apoiada!! Estamos juntos nessa!!! Quando formos morar juntos eu também entrarei na dieta… logicamente com a exceção feita dos finais de semana (Galo+cerveja)!!

    Bjão!

  10. Ise..Fiquei mega feliz com a iniciativa, pq é bom qndo iniciamos a realização de um projeto pessoal né???
    E o correto vc fez, procurar um profissional, e nao ficar em dietas malucas ou até mesmo sem comer! Isso eu penso que é um absurdoo sem tamanho!
    Estaremos aqui acompanhando e torcendo por vc, sempre !

    • É…é uma coisa importante para mim. Além da questão da saúde, é como que recuperar algo que eu perdi e não tinha mais esperanças de achar, sabe?

      Bom saber que nada está perdido para sempre!

  11. Oi, Thaise! É a primeira vez que comento, mas também acompanho o blog há um tempão e adoro suas histórias. Eu não sou noiva, mas sou louca por festas de casamento. Daí fico sonhando e já colhendo informações pra quando e se o meu chegar, rs. Depois que minha amiga me convidou para ser madrinha, essa “loucura” aumentou e é inevitável eu ler blogs sobre o assunto. É uma delícia falar sobre isso! Comecei a escrever hoje no blog dela, por isso deixei o link. Tenho um perfil fake de noiva no orkut e foi aí que conheci seu blog. A surpresa foi quando percebi quem você é e que estudou na mesma faculdade que eu estudo agora. Querida Letras! Bem, depois conto melhor como ouvi falar de você. Quanto a sua mais nova empreitada, eu acredito que você alcançará seu objetivo. Acho que não há estímulo melhor do que seu casamento e sua saúde! Eu engordei um tanto desde que comecei a namorar e meu namorado, a mesma coisa. Rs! Dizem que amor engorda. Mas, adotando esses novos hábitos agora, acho que fica mais fácil pra depois de casada manter o pique e o peso. Eu, como madrinha, estou preocupada com meus quilos extras nas costas, na barriga, nas coxas… hehehehe. Quero enxugar um pouco até lá(28/05) e pensei em procurar uma nutricionista pra me dar mais consciência e tal. Entre nutricionista e endócrino, o que você recomenda?
    Logo, logo estarei junto na dieta! Beijos.

    • Fiquei CURIOSISSIMA.

      Porque se você ouviu falar de mim na Letras, com certeza ouviu falar mal! hahahahahaha Como eu me irrito com os pseudo-comunistinhas e tem toda a coisa da comunidade da USP no orkut, não sou das pessoas…errr….mais amadas da letras não!! ahahahaha

      Mas eu sou legal, eu juro! hahahahaha Tenho poucos, mas amigos maravilhosos lá!

      Putz, acho que a nutricionista e o endócrino fazem trabalhos um pouco diferentes. Como eu tinha (tenho) muito peso a perder, achei que no meu caso precisava de um médico mesmo. Além do mais, nem sei se meu plano cobre nutricionista…e com os gastos do casamento…enfim…

      Agora eu preciso é de cia para fazer atividade física….acho que daqui a pouco vou acordar o Gu para darmos uma caminhadinha! hahahaha

  12. OI Ise!

    Parabéns pelos seus Post, como sempre, ótimos!
    Este principalmente, foi bem esclarecedor e mostra que as pessoas não podem tomar nada indiscriminadamente.
    Parabéns pela sua preocupação.

    Pela que sua médica é aí em SP… acho que vou procurar alguma para mim também, pois preciso emagrecer no minimo 12kg… desdes, 2kg já se foram…
    Estou fazendo Vigilantes do Peso, não sei se vc conhece ou se tem por aí, mas pelo que vejo, é muitoo parecida com esta dieta dos pontos da sua médica. Conto pontos também e tenho reuniões semanais para pesagem e palestras muito bacanas, em conversa com várias pessoas com a mesma dificuldade do que nós.

    Não usamos medicamento lá, é mesmo só reeducaçao alimentar com uma média semanal desejada de perda de 500gr por semana… eu tenho que levar mais a sério!rsss

    Boa sorte aí na sua batalha e continue nos contando… não desista e foca no objetivo… primeiro saúde, segundo O CASAMENTO!
    Bjo da amiga mineira!
    Mari.

    • Mari,

      Eu conheço sim gente que obteve resultados maravilhosos com o vigilante do peso.

      No meu caso, foi a indicação que veio primeiro e eu fui…essa médica…

      Mas eu realmente não sei se nesse estágio estaria conseguindo comer menos sem o remédio. Eu tenho compulsão e vontades loucas, não consigo me controlar.

      Ontem estava um pouco assim….minha mãe fez brownie e aquele cheiro pelo casa…

      Eu normalmente engoliria uma travessa inteira. Ontem comi só um pedacinho e me satisfez…

      E eu sei que isso não é a minha força de vontade….rs

  13. Pingback: Projeto noiva em forma® | NOIVA MUITO NEURÓTICA·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s