ExpoNoivas SP 2011: Impressões pessoais

Olá, meninas!

Lá fomos eu e o Gustavo para a ExpoNoivas no sábado a tarde. Almoçamos na Paulista e de lá resolvemos ir de metrô e pegar a tal van no Jabaquara: sem perigo de ficarmos perdidos num lugar de SP que não conhecemos (se eu estivesse dirigindo, grandes chances de chegarmos à praia sem achar a feira) e de pagarmos R$25,00 de estacionamento.

Sabe como é DURA (literalmente) a vida de noivos, né? Entón. Junte isso ao fato de que o Gustavo mora na porta do metrô e voilà: casamento perfeito. 😉 O bom de São Paulo é que todo evento tem sempre vans grátis saindo de algum metrô.

Saindo da casa do Gustavo, descobri que sem credencial de imprensa não poderia bater fotos. Como assim? Thaise sem fotos? Not possible. Cadastrei o nosso bloguinho e acreditem se quiser, entrei como IMPRENSA. Pronto, permissão para tirar fotos. Ignorem o fato de que saí tão animada conversando com o Gustavo sobre o que queríamos na nossa festa que eu ESQUECI a máquina na casa dele e tirei as fotos com o meu celular! rsrsrs Essa sou eu, empolgadíssima e de memória questionável.

Descemos no metrô Jabaquara e procuramos a rua descrita no site como ponto de partida das vans. Era um lugar meio escondido e longe do metrô. Ficamos meio perdidos assim como outros casais por ali. No final, tudo certo. A van partiu rapidinho e lá fomos nós.

Nossa primeira impressão: pequena. Minúscula se comparada com a ExpoNoivas 2009 que visitamos no Center Norte. Mas dizem que tamanho não é documento, não é? Fomos despidos de qualquer preconceito conversar com os fornecedores que nos interessavam.

Devido à urgência (4 meses nos separam do casamento), fomos direto nas agências de turismo e… decepção. Só anotavam nossos dados e diziam que mandariam opções por e-mail depois. Acho isso muito triste e passa uma péssima impressão aos clientes: pedir orçamento por e-mail é o tipo de coisa que eu posso fazer da minha casa. Não é necessário sair de casa naquele calor africano, pegar metrô, pagar entrada… A gente espera um mínimo de material a ser mostrado, sugestões, noção de preço.

Nada disso. Só o e-mail mesmo.

Decepcionante.

Eu fiz Letras e nunca trabalhei com marketing, mas tenho certeza de que não é uma estratégia lá muito convincente.

Continuamos andando e logo tivemos de parar para comprar água. O calor lá dentro era insuportável. O suor escorria no meu rosto. Um nojinho. Não sei se tinha ar condicionada, mas obviamente não estava dando conta daquele tanto de gente lá dentro, respirando o mesmíssimo oxigênio.

Não consigo não achar graça nas mulheres andando de noivas no meio de todo mundo, com a maior naturalidade. Gustavo achou graça na mulherada sentada para negociar o preço do vestido ainda com o vestido....rs

Só um fornecedor de carro. Só um stand de bar. Não se conseguia chegar perto de nenhum stand de convites (verdadeiros formigueiros). Zilhões de stands de fotografia. Zilhões de stands de coral. Nenhum de noite de núpcias (a menos que você esteja a fim de passar a sua num barco…eu fico enjoada no banco de trás do carro, então obviamente não é para mim….). Nenhum stand de Dia da Noiva. Nenhum stand de lembrancinhas que saíssem das obvias caixinhas disso e daquilo.

Fui conversar com um fornecedor de buquês que, ao entender que eu só queria o buquê porque já tinha a decoração, me cortou boniiiiiiiito e disse que não tinha nem nada para conversar, que era só eu aparecer no ateliê dele uma semana antes do casamento.

Ui. Quanto amor…! Eu só queria saber como funcionava, se eu escolhia modelo, de escolhia flor, se pagava por unidade de flor ou o buquê inteiro, se ele tinha fotos para eu ver, se conhecia o blog, se atendia noivas de fora de SP para que eu pudesse indicá-lo qdo me escrevessem perguntando…

Mas não. Nada disso é importante para a noiva. Basta ir lá uma semana antes, ok? Mal sabe ele que eu dou nome aos bois: La Bouquetterie.

Fiquei triste. A decoração deles parecia realmente muito bonita… Tinha uma árvore francesa cheia de velas de babar.

Mas eu acho que atendimento é tudo.

Para mim e para o Gu, dois pontos altos na feira:

1. Encontramos a Alline e o noivo dela. Aliás, eles nos encontraram! Nos conhecemos há umas 2 ou 3 semanas, decidindo a decoração para a igreja. Isso mesmo: eles vão casar logo depois de mim e do Gu na Santa Teresinha! Qdo eu estiver saindo da igreja, vou dar tchauzinho para a Alline dentro do carro! Eles são ótimos. Trocamos meia dúzia de figurinhas e batemos papo uns minutinhos num corredor beeeem estreito, atrapalhando a passagem das noivas doidas. Foi bem legal. A Alline é a minha companheira de tapete vermelho (nós duas queríamos MUIIIITO o tapete vermelho na igreja! rsrsrsrs) e acho que rolou uma empatia entre a gente desde o começo. Foi muito legal encontrar justamente com eles lá.

2. Andando em meio aos stands, caçando algo que queríamos muito para a nossa festinha linda, eis que o Gustavo para na frente de um…porque algo chama sua atenção lá dentro. Um bar, primeiramente (hahahaha meu bebum lindo!) – queremos colocar um bar cheio de drinks especiais na nossa festa. E depois um vídeo na TV. Demorei uns 3 segundos para olhar para cima e surtar: ESTÁVAMOS EM FRENTE AO STAND DA TEMPO DIGITAL.

-Para quem não se lembra, eu falei da Tempo Digital no post sobre as fotos que fechamos. São eles os responsáveis por aquelas retrospectivas maravilhosas, com cara de comentário que estão fazendo tanto sucesso aqui no blog (e sobre as quais eu recebo e-mails quase que diários). –

Fiquei mais do que feliz, afinal, foi o único fornecedor que eu fechei sem o Gu, pois ele estava viajando a trabalho. Foi MARAVILHOSO poder mostrar para ele o que vai ser nosso álbum e mostrar o olhar das fotos pelas quais me apaixonei.

E o melhor de tudo é que ele amou também! =) Não tem como não amar, não é? É um trabalho totalmente diferente do que a gente vê por aí, massificado de fotografia…

Conversei com o André, aquele com quem as meninas da TOP se reuniram para fechar meu álbum e com o Ricardo Reis, idealizador das retrospectivas. Eu não cansei de babar o ovo e dizer como o trabalho dele é maravilhoso. E acho que falo por várias de nós, né?

De qualquer forma, peguei o celular do André para vocês, para aquelas que quiserem fechar foto, vídeo ou a retrospectiva. Ele é fofíssimo e conseguiu um ótimo negócio para mim. Noivas apaixonadas por fotografia, noivas que anseiam um vídeo diferente de casamento, noivas que amaram a retrospectiva, ATENÇÃO: ESSE É O CARA! rs André (11) 7720-3633

Stand da Tempo Digital bombando no EXPONOIVAS SP 2011

Não acompanhamos a programação nos palcos da feira. Eu não vi nenhum sorteio, só um noivo fazendo declaração de amor para a noiva (o que fez o Gustavo quase rolar de rir…mas eu acho que ele já tinha degustado muito álcool nesse momento….rs) e apresentação dos corais e bandas que tinham stand na feira… Parece que haveria desfile de noivas mais a noite. Honestamente, senti falta dos sorteios! hahahahaha

Palco do EXPONOIVAS 2011 em intervalo entre...atrações (?)

Na balança: Vi sim algumas coisas que me interessaram e que talvez role um preço legal depois de uma negociação feita com calma. E aí, claro, eu posto aqui (gostei de dois fornecedores de bar e de uma banda). Mas em geral, os preços são de cair para atrás (bem-casado sendo anunciado a 1,30 como se fosse a promoção do século!!!!)… ótimo para conhecer gente, fornecedores, outras blogueiras e conversar… Mas PÉSSIMO para quem quer fechar alguma coisa, negociar, desconto…Péssimo para quem vai lá sem noção de preços e fecha tudo num dia. O casamento sai o triplo, brincando. Sem contar na pressão chata “Esse preço só vale para hoje, se fechar aqui na feira….” São poucos os fornecedores que não trabalham assim.

Pena.

Mas vale o primeiro contato, o networking. É uma ferramenta a mais, que deve ser usada com moderação e muita atenção.

Beijão,

Ise

@ise_pregnolatto

tvpregnolatto@gmail.com

Anúncios

17 Respostas para “ExpoNoivas SP 2011: Impressões pessoais

  1. Adorei os seus comentários, e é verdade, como é muito caro para os fornecedores estarem na feira expondo seus serviços, eles tem que fechar na hora para compensar, por isso os valores sobem!!!

    Aproveitando para convidar e você e todas as noivinhas de SP e região, para fazer uma degustação em nosso escritório sem compromisso e levar as maiores e mais bonitas fontes de chocolate para o seu casamento!!! Será um prazer enorme recebe-las.

    Visita o nosso site e conheça o nosso trabalho!!!
    http://www.cascatadechocolate.eev.com.br

    Beijos e uma semana abençoada pra você!!!

    Vanessa Stavale

  2. Achei essa exposição meio fraquinha em relação à outra mesmo… Só valeu conhecer a Tempo Digital

  3. Realmente a equipe da La Bouquetterie é super grossa! Foi só eu dizer que o casamento será no ano que vem (se Deus quiser), o cara nem deu bola e virou para falar com outra pessoa

  4. Caraamba, você matou minha curiosidade!
    eu cheguei a ir pra SP nesse dia com meu noivo pensando na ExpoNoivas, mas a gente optou por ir pra Liberdade pra comer umas coisinhas gostosas 😀 e pq tbm eu tinha visto em algum lugar (axo até q foi aqui no seu blog) q não valia a pena ir na feira pq causa dos preços exorbitantes e tal.
    enfim… depois eu posto alguma coisa no meu blog, com um link pro seu post 😀

    Bjoo….

  5. Aqui no Rio a entrada é cara, os pre,os são bem mais caros e os expositores ainda tem coragem de dizer q o preço esta com um SUPER DESCONTO!!!

  6. Ufá!
    Pensei que somente meu noivo e eu tinhamos visto dessa forma.
    O rapaz que estava na La Bouquetterie é um grosso, não saber trabalhar com o público.
    Aquelas modelos sem experência fazendo caras e bocas foi demais…
    Os locutores do desfile enrolando porque as meninas não estavam prontas também foi péssimo.
    Os preços dos produtos caríssimos……
    Ninguém merece!

  7. Adorei o post!

    Também achei muito pequena em relação a última que teve em 2010. E também gostei da van, facilitou bastante.

    []´s,

    Maysa.

  8. HAHAHA, quem é esse Gustavo ai???
    Rsrsrsrs, quem diria, o Bode indo em feira de noiva rsrsrs, tinha que ter visto isso.
    To brincando, tb posso falar nada pq ja fui em uma com a Marina.

    Abraços, saudades de vcs.

  9. Thaise, adorei sua espontaneidade.
    Em seus comentários você disse “Nenhum stand de lembrancinhas que saíssem das obvias caixinhas disso e daquilo”, percebi que você gosta de coisas diferentes para inovar, então gostaria de te apresentar meu trabalho ” Personalização em Vinhos” tenho uma variedade de vinhos de excelente qualidade, vindos da Serra Gaúcha, personalizo rótulos com fotos, mensagens. Visite o meu Blog tenho certeza que vai gostar é um presente inesquecível que vai marcar esse momento especial.

    http://www.personalizevinhos.blogspot.com

    Bjs
    Cristina

    • Eu honestamente não vejo intuito de expor em uma feira se você só pode atender no ateliê. É uma feira, não um museu onde a gente só passa e olha… Eu não fecharia… não consigo não pensar no pós-venda deles se esse é o pré!!! rs

  10. Olá!
    Li seu comentário sobre os bem casados a R$ 1,30 e sinceramente, não encontro preços por menos de R$ 1,50 de fornecedor confiável…
    Você poderia me indicar alguém bom, barato e confiável? Tenho medo de tomar gope novamente, pois já me levaram R$ 250,00 e sumiram do mapa.
    Bjos!
    Marisa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s