Canta che ti passa…. – O coral da igreja

Uma das primeiras coisas que a gente aprende quando começa a ir atrás das coisas do casamento é que nem sempre (quase nunca) o fornecedor mais famosinho e com mais nome em sua área é o melhor. As meninas da TOP me cantaram essa bola na primeira reunião e com o tempo a gente só vai confirmando esse fato…

Podem em chamar de preconceituosa, mas eu não acho que a música mecânica tenha o mesmo efeito de um coral dentro de uma igreja…nem de perto. Por questões acústicas, culturais e qualitativas mesmo! Portanto teremos os instrumentos e as vozes…

A Paróquia Santa Teresinha só permite que sejam contratadas as empresas listadas por ela…

Num determinado momento das nossas escolhas pelos fornecedores, começamos a assistir casamentos alheios (lembram?) para avaliar os corais… E eis que eu de novo escolhi um dos menos famosos! Todo mundo comenta do tal outro coral, mas a gente não viu tanta graça…

Num sábado de manhã, fomos ver o J Antônio Produções Musicais. A Tati já havia me dito que eles eram muito bons.. O escritório ficava pertíssimo da casa do Gustavo e fomos andando, devagar, de mãos dadas debaixo daquele solzinho da manhã.

Encontramos a Tati e a Karina lá, mas chegamos primeiro – e antes do horário marcado. Talvez a gente não tenha andado tão devagar assim! hahahaha E já começaram a nos atender, com muita atenção. Cheguei com uma pré-lista das músicas que queria. Se tinha alguma questão especial, ele colocava no youtube…assistia um pedacinho e ia tirando de ouvido e mostrando para a gente as possibilidades na hora (o J Antônio em pessoa). A gente ia perguntando se dava para fazer e…tudo dava! Ele dava uma série de palpites, opções, tocava de um jeito, tocava de outro…mostrava os instrumentos….e até resolveu o problema da proibição de instrumentos metálicos na igreja (não pode…): vai tocar no teclado!!! hahahaha Igualzinho…

Eu quase morri quando ele me mostrou as possibilidades de Marcha Nupcial… rsrsrs

E claro, eu não seria a Noiva Neurótica se não tivesse um Noivo Neurótico: Sabem aquele suspense que fazem antes da marcha nupcial? Aqui em SP é muito comum que seja a música do filme 2001, uma Odisséia no Espaço. O Gustavo se colocou absolutamente contra! hahahaha Ele disse que cairia na gargalhada, assim como os primos dele, imaginando os macacos que entrariam pela porta…

PERAE….COMO ASSIM MACACOS?????

Ok, me convenceu…..essa introdução tá fora!!!!! hahahahaha Não vou correr o risco de que ele se lembre de macacos ao me ver vestida de noiva…

Mas isso não foi problema para o J Antônio, que arrumou uma alternativa linda, que a gente amou.

E ainda conhecia músicas que só eu achava que conhecia! hahahahahaha Duas delas vão ser  músicas dos cumprimentos!

Na medida do possível, eu queria sair do clássico-óbvio-ululante. Defendo que cada casamento PRECISA NECESSARIAMENTE ter a cara do casal. E a nossa cerimônia será, mais ou menos, assim:

Entrada dos padrinhos e noivo: A sinfonia nº 9 em ré menor, op. 125, “Coral”, é a última sinfonia completa composta por Ludwig van Beethoven. O Gustavo adora e tivemos essa ideia meses atrás quando ele me mostrou uma cena do filme “Minha Amada Imortal”. Tem a ver com a gente, é bem imponente e perfeita para se começar algo tão importante…

Entrada da daminha: O caderno, do Toquinho. Achei delicada e perfeita para sair da tríplice de sempre: Rei Leão – Bela e a Fera – Somewhere over the rainbow. E ainda mantém o clima infantil e delicado, que me agradam.

Entrada da noiva: A Marcha Nupcial, mas tinha umas coisas diferentes como a introdução e não lembro bem mais o quê…rs

Benção das Alianças: Ave Maria. Tinha zilhões de tipos também, eu escolhi…não lembro o nome não (já fui mais neurótica)!!! hahaha Mas sei que era a menos traumática para o Gustavo: ele não queria a Ave Maria que a avó dele ouvia todo dia às 18h da tarde….rsrsrsrsrsrs

Trauma é trauma e a gente respeita.

Cumprimentos: Cinema Paradiso (Ennio Morricone, meu rei…) e Fratello Sole Sorella Luna– em italiano (eu queria algo na cerimônia que me ligasse à São Francisco e Santa Clara….comprei o terço com o qual vou entrar na igreja em Assis e levei para benzer na Catedral de São Francisco e na de Santa Clara…mas precisava de algo mais.).

Saída: All you need is love, dos Beatles! =) hahahaha Já viram Love Actually (Simplesmente Amor)?

No final das contas, ficamos cheios de trilhas de filme…mas acho que até isso tem TUDO a ver com a gente: Minha Amada Imortal, Cinema Paradiso, Irmão Sol Irmã Lua, Simplesmente Amor…

Não tenho dúvidas de que, quem conhece a gente bem vai ficar com a impressão de “ahhh…só poderia ser essa!!!!” o tempo todo.

Beijinhos,

Ise

@ise_pregnolatto

tvpregnolatto@gmail.com

Anúncios

12 Respostas para “Canta che ti passa…. – O coral da igreja

  1. Adorei as escolhas! 🙂

    Fico muito triste de não poder escolher músicas populares na igreja que vou me casar. O padre lá é supermala com esse assunto – ele é o chefe da comissão que fiscaliza as normas de música da arquidiocese. Imagina? E Leandro e eu somos super beatlemaníacos, tinha tudo a ver colocar All you need is love.

    Fechei os músicos pra minha cerimônia por agora tb.

    Parabéns! Bj

  2. to rindo mt aqui com a imaginação da entrada dos macacos…

    e a ave maria das 18 hrs? rsrsrs
    como vc disse trauma é trauma! vai entender…rsrsrsrs

    bjo!!

  3. e eu babo mais uma vez nas suas escolhas,pq isso é mais uma coisa que a minha igreja não permite rs
    aí eu penso:mas ela é a igreja mais linda da cidade,a mais acolhedora,a que eu me imagino entrando de noiva,aí a dor de não poder ter coral ou músicas não religiosas diminui um pouquinho rs
    Bjs

  4. Ai meu Deus…eu to tão sensível…
    Cliquei no link e fui a ouvir a marcha nupcial e me desmanchei aqui…rs
    Imagina quando for o meu?

  5. Oi Ise!
    Me casei em dezembro e tb fiquei entre vários corais…
    E escolhi o J. Antônio!
    Me casei em um sítio, e eles foram ótimos! Várias pessoas comentaram comigo da voz q escolhemos (do cantor Bruno), e mtas pessoas se emocionaram com ele cantando Ave Maria….
    Como o casamento foi em um sítio, a única coisa q eu não gostei é q eles não tocaram 40 minutos antes do início da cerimônia, como havíamos combinado…. Enquanto as pessoas chegavam e era servido o primeiro coquetel.
    Tocaram uns 15 minutos pq a minha cerimonialista foi pedir e depois pararam.
    Ela pediu novamente, tocaram mais uns 15 minutos e pararam novamente.
    Aí iniciou a cerimônia.
    Mas como vc vai se casar em igreja, acredito q não haverá esse tipo de problema.
    Bjos, Paola.

  6. Pingback: Canta che ti passa…. – O coral da igreja « Assuntos Diversos « Mulher de Qualidade·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s