Sugestão da Leitora – O casamento da minha irmã ou como ter bom gosto sem ter dinheiro

Olá meninas!

Sabe, eu tenho muito orgulho das nossas leitoras. São todas queridas e tão criativas \o/

Quando eu postei as inspirações para o meu casamento, a Jú me mostrou fotos da linda festa que ela organizou para a irmã. Com criatividade e bom gosto ela e a família decoraram um espaço super charmoso, fora dos roteiros de casamento, e fizeram lembranças charmosas demais.

Obrigada Jú pelo carinho em compartilhar a sua história com a gente.

Vamos conferir o depoimento dela?

“Primeiro deixa eu me apresentar. Sou a Juliana, amiga da faculdade da Ise e como sou completamente fanática por casamentos, acompanho o NMN como se eu mesma fosse me casar. E vou….um dia.

Em agosto do ano passado, minha irmã Viviane e o então namorado Fabrício resolveram comprar uma casa, assim meio do nada, e conseguiram. Juntaram as poupanças, venderam carro, pegaram FGTS e deu certo. Como não havia sobrado dinheiro para uma festa para 300 pessoas, que era o que tinha na lista deles e a casa já estava pronta, o que não justificaria um adiamento do casório, eles pensaram em casar só no civil mesmo.

Mas como eu sou fanática por casamentos e como conheço muito bem a minha irmã e sabia que, no fundo, não era bem isso que ela havia sonhado, insisti, mas insisti muito.

Faltava menos de dois meses quando resolveram que queriam fazer um almoço, só para os familiares mais próximos (pais, irmãos, padrinhos de batismo e avós) e os padrinhos do casamento. Só nessa brincadeira já somaram 50.

Como o casamento era 10:30 da manhã, pensamos em fazer um Brunch e aí veio a idéia de contratar uma Creperia (eu estômago acabou de roncar). Eles serviam uma diversidade bem grande, de crepes doces e salgados, tinham ótimos garçons e usavam louça de verdade (o que é fundamental pra mim). Além disso, o preço era muito bom.

A decoração ficou por conta da irmã (lê-se, eu) e de Mamãe. Foi difícil conceber a idéia da decoração, até que surgiu a idéia da lembrancinha. Minha mãe comprou as 50 marmitas de metal, um monte de tecido lindo e barato na 25 de Março e criou essas coisinha fofas, abaixo:


Não tinha como não se apaixonar. Dentro delas foi um doce de cada servido na festa, um pão de mel e um bem casado.

A partir daí, as idéias da decoração começaram a brotar na minha cabecinha. Como minha irmã e meu cunhado são bem “do povo”, pensei que precisava fazer alguma coisa muito a cara deles, e as marmitas já tinham tudo a ver.

Enquanto eles não encontravam um espaço bacana, eu não conseguia imaginar o que fazer na decoração. E como foi difícil achar um espaço. Até que minha irmã lembrou-se do “No fim do Mundo”, um espaço em Santana, na Zona Norte de São Paulo, que funciona como bar e casa de cultura e que nunca tinha sido alugado para o casamento.

Quando eu entrei no espaço, surgiu a idéia: “Festa no quintal” e resolvi brincar com a idéia do rústico, do improvisado proposital, sabe?

Pensei que não deveríamos usar toalhas e no lugar delas, usei papel de scrapbook, de estampas diversas, como americanos. Usei garrafinhas verdes como vasinho (um mês com todo mundo bebendo só Stella Artois) e bolas de papel de seda colorido e as flores escolhida foram as do campo.

Bolos e doces feitos por uma tia do noivo, pão de mel e bem casado por uma tia nossa e assim se conseguiu ainda mais economia, com a dedicação de quem se importa de verdade com o resultado.

Parte do resultado está aí nessas fotos, mas o que eu nunca vou esquecer é dos olhinhos dos noivos emocionados quando viram que mesmo com um investimento baixo, o sonho deles estava ali, e a cara deles!”

Lindo, né??????

Viu só gente, como dá para ser criativo mesmo com pouca grana. Procurar espaços e profissionais bons que não fazem parte do caro circuito casamenteiro podem render resultados charmosos e de bom gosto.

Já comecei a guardar as garrafinhas de vinho, e vocês? rsrsrs Quem souber de restaurantes assim na região centro – sul de SP me avisa please!!!!!

Tenho outras idéias de leitoras armazenadas para próximos posts. Todas estão convidadas para contar como estão reduzindo custos de forma criativa.

Super beijo,

 

Sabrina Bigão

@vaitercasorio

Anúncios

12 Respostas para “Sugestão da Leitora – O casamento da minha irmã ou como ter bom gosto sem ter dinheiro

  1. Eh, esse tal dinheiro eh uma coisa complicada… Vou me casar em dezembro, e tenho um orçamento super apertado. E como a cidade do casamento eh mto pequena, nao existe NADA em relacao a organizacao de eventos… e TUDO o q eu for levar daqui de Ctba, tem um adicional em cima, TUDO MESMO! Soh nessas brincadeirinhas ai ja vai diminuir bastante o q eu poderia gastar com a festa mesmo, nao com transporte… Essa eh a facilidade de casar em grandes cidades… Beijos noivinhas lindas!

  2. Oie, meninas!

    Eu achei a ideia da Ju o máximo! Criatividade é tudo. E, claro, o bom gosto dela e de sua mãe também fizeram toda diferença =) Parabéns, eu amei a decoração!

    Beijo, Day.

  3. Depois que comecei a orçar os lugares tradicionais daqui, fiquei de boca aberta. Os donos viajam, não é possível. Pra quem não é muito do estilo clássico – como eu – lugares despojados assim, colorido, com natureza, é a melhor opção. Já comecei a juntar as garrafinhas de vidro transparente também, aos poucos as ideias vão tomando forma. A propósito, nesse feriado vamos lá conhecer a Pousada em Taquaras que te falei. Ver se a dona abre logo essa agenda. uahuahuha
    Beijos!!

  4. Minha caça por um local barato e de qualidade começou em outubro (a data nem estava marcada). Então, no início de março, uma menina (de SP, isso mesmo. Eu sou do Rio e ela de SP) que conheci na internet me ajudou e descobriu uma casa de festas ótima perto da minha casa.

    Sa, a casa é ótima, a dona é italiana e cozinha cada maravilha gastronômica. A casa oferece tudo, até recepcionista, manobrista e segurança.

    Um casamento para 100 convidados sairá 5.500. E preferimos pagar os 300 pelo DJ para não ter dor de cabeça.

    As casas de festas aqui no Rio estão muito caras. As mais baratas por volta de 11/12 mil. Absurdo!

    Estou juntando potinhos de vidro para decorar o chá de panela. Amo vidrinhos com flores.

    Beijos.

  5. Linda a decoracao!!! ROchelle aonde fica essa casa de festa q vc achou tao barata??? tbm sou do Rio… a mInha festa ja esta fechada porem uma amiga quer casar mas tem pouca grana.
    bjinhoss

    • Oi, Priscilla, tudo bem?

      A casa é no Méier, na Rua Hermengarda. Mesmo sem ter me casado ainda já recomendo. Gostei muito de tudo: atendimento, degustação, da dona, ela é um amor, a casa é muito bem cuidada.

      Me envia um e-mail que eu passo o contato para a sua amiga… chelle_lassarot@hotmail.com

      Beijos.

  6. Minha decoração será feita com garrafas tbm. Já mobilizei familia e amigos para me ajudarem. Tenho um ano pela frente, então é tempo pra juntar tudo o que preciso.
    O o casamento do post ficou lindo, adoro decór assim!

    Bjs

  7. Pingback: Rato de Biblioteca » Blog Archive » Semana do Rato·

  8. Pingback: Rapidinhas do DdC #8 | Diário de Casal·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s