De como nascem as neuroses…

Sei que várias das nossas cismas vêm de lá de trás, de tempos remotos em que você mal sabia o que era um namorado, um noivo ou marido – mas já sabia o que era festa de casamento.

Eu, por exemplo, casaria com um bela trança no estilo Galisteu. Meu cabelo está com corte quase reto na cintura. Mas em nome da menina que nem se lembra qual foi o primeiro casamento da sua vida – mas se lembra de todas as noivas que viu – vou casar de cabelo quase solto. Explico: Quando eu era criança, eu era APAIXONADA por cabelos bem compridos (ainda sou…). Tanto que passei qse toda a minha vida com as madeixas pela cintura. E eu sempre fiquei DECEPCIONADÍSSIMA com noivas de cabelo todo preso… queria morrer quando via uma noiva de coque. Eu achava que as mulheres eram simplesmente mais bonitas de cabelo solto e que não fazia sentido alguém não querer se sentir mais bonita quando estava vestida de noiva!

Simplista, eu sei.

Mas são essas coisas que criam nossas cismas. Eu sei que um dia vou me arrepender se não casar de cabelo solto. Não vou me sentir eu. Vou me sentir injusta com a Thaisinha que ainda mora em algum lugar dentro de mim e que super resolveu dar às caras ao mundo desde que começamos a falar de casamento…

Por causa disso, não consegui bancar a modernosa também quando fui escolher meu vestido e mais uma vez dei ouvidos ao sonho de menina: meu vestido é muito mais romântico do que moderno, apesar das invenções com as tais rendas franceses e tule sei lá das quantas.

Eu adoro os vestidos esvoaçantes e modernosos, mas na hora h achei que não tinha a ver comigo. Achei que eu não seria justa com meu sonho de infância! hahahaha

Mas eu nunca tinha me perguntado de onde vinham essas várias cismas. Achava realmente que eram coisas com as quais tinha encanado por motivos aleatórios ainda na infância…

E lendo o Blog da Carol hoje eu tive um momento EUREKA!

A CULPA É DA LADY DI.

Para ser honesta, eu fico meio sem paciência de ouvir falar TANTO em Casamento Real. Porque afinal, um Casamento Real para nós não tem nada de real, certo?

E eis que a Carol me provou por A + B que eu estou errada.

A Lady Di influenciou uma geração INTEIRA de vestidos de noivas com o cúmulo do romântico-princesa porque afinal…ela era uma princesa! hahahaha Eu simplesmente não tinha feito a ligação entre as coisas. Eu nasci em 1984, 3 anos após o casamento da Lady Di e do Príncipe Charles. O vestido da Diana era a referência para a moda noiva da época, não tem jeito… Eu cresci nesse momento. Eu formei minhas opiniões nesse momento. Eu comecei a entender as histórias de contos de fada que meu pai lia para mim nesse momento. E o referencial-mor da época era o vestido da Diana!

Como eu sou influenciável…produto da mass media…rs (BEBA COCA-COLA!)

Aí fiquei me perguntando se o tal retorno da moda-noiva romântica do qual se fala tanto hoje na verdade não é um bando de meninas da minha idade que teve o mesmo referencial que eu…

E eu achando um exagero o tanto que se fala do tal vestido da Kate. Ele pode ser o referencial para a minha filha!!!!

Choquei.

Beijocas,

Ise

@ise_pregnolatto

tvpregnolatto@gmail.com

Anúncios

13 Respostas para “De como nascem as neuroses…

  1. #Euri do final do seu post. “Choquei!”…hahaha
    Eu estava lendo exatamente agora uma matéria sobre o tal casamento real, e quando atualizo os emails, vejo seu texto lá.
    Às vezes não entendo como vc ainda se pergunta pq as pessoas leem o que vc escreve. Seu estilo é divertido, gostoso de ler, além de que, o conteúdo interessa e muito as noivas neuróticas espalhadas por aí, influenciadas por Lady Di ou não. rs
    Beijos!

  2. Oie Ise,

    Menina, li seu post, ai fui ler o post da Carol e tentei fazer uma auto analise rsrs
    Eis q me sinto uma “outside” rsrs Sou de 83 e estou aqui, investigando a fundo em minha cabeca minha relacao com o vestido da Daiana, e tudo q consigo lembrar e’ q sempre achei exagerado rsrs. Sempre adorei conto de fadas e todos o personagens das historia de princesas, romances lindos e coisas assim, mas nunca me senti “related” com elas, sou essencialmente uma “tomboy”. Nunca fui delicada, acho q comprei minha primeira maquiagem com 20 anos hahaha Minhas amigas eram tao mulecas qnto eu, senao mais. Sou a cacula de 3 meninas e apesar de minhas irmas serem extremamente feminas, eu sou a laranja podre hahaha No perido da faculdade arrumei alguma amigas mais femininas, mas eu continuava um muleque rsrs aquela q ia de havainas e no intervalo, jogava futebol com os meninos usando uma bolinha de papel hahaha Melhorei e mtooo, hoje ate’ uso vestido hehe mas ainda n consigo me ver em um vestido de princesa.
    Quando fui comprar meu vestido de noiva tinha certeza de q n qria renda, brilho, saia bufante ou qqr coisa similar, e juro q n e’ pq sou modernosa n, e’ pq tenho alma de menino hahaha
    Adorei o post!

  3. Eh isso ai Ise… e to bem no teu estilao… cabelo solto, vestido romantico… e faço questão q qndo minha filha for casar tbm seja hahahaha. Q neurose, eu nem casei ainda e ja to pensando no vestido da filha, q nem foi concebida ainda… Acho q o casamento e seus preparativos tao me afetando =S hahaha
    Beijoooos

  4. Nossa, adorei ter virado referência! Rs
    Pois é, eu sempre digo, vestido de noiva tem a ver com sonho. Por mais que existam tendências, a maior delas ainda é o sonho.
    Que bom que você gostou tanto do post Thaíse e respondendo a pergunta que você me fez no comentário, eu quero uma foto sim, viu? Já adorei a renda do seu vestido!
    Beijos e obrigada
    Carol.

  5. Eu escolhi meu vestido de noiva quando fiz meu aniversário de quinze anos. Minha tia, que é costureira, guarda a foto pra mim até hoje, 11 anos e 5 namorados depois.
    Eu tenho certeza que vai ser ele…romântico, com véu inteiro (ótimo pra quem vai entrar sozinha), uma calda enoooorme…aiai os sonhos de menina……

  6. Ise adorei o post… o vestido da Lady Di acabou sendo influencia para a nossa geracao mesmo… apesar de eu nao gostar mt, nao fazer meu genero pois como disse a Aline, tenho alma de muleque… isso deve ter sido pq sou a unica menina da familia… Sempre q pensava no meu vestido de noiva pensava em ser tomara q caia, com pouco brilho algumas rendas… mais simples… vc deve ter percebido pelos modelos q solicitei as fotos para vc… rsrs Qt ao Cabelo concordo… sempre tive cabelao, nao gosto de cabelo curto e vou casar com cabelo praticamente solto… para desespero da minha avo… que acha um ABSURDO A UNICA NETA nao usar o cabelo preso num lindo penteado…rsrs
    Bom feriado a tds
    bjs

  7. Sempre sinto um alívio depois que leio seus posts, Ise! rs E eu achando que era a única no século 21 que ainda iria usar renda no vestido de noiva, que acha sem graça noiva de cabelo preso, que vai ter o casamento super-ultra-mega romântico… E os comentários das noivinhas aliviam ainda mais! Amei esse post…
    Ótima Páscoa!!!
    Beijokas

  8. Essa Lady Di… influenciou até mamãe e papai na hora de escolher meu nomezinho!!! hahahahaha Pois é, tá explicado! Essas ligações da princesa com a nossa infância assinalam mesmo o quanto somos total década de 80… Eu também imagino o vestido do meu casamento muito mais romântico que todo modernoso… penso em rendas, delicadeza… enfim… isso também está ligado ao meu jeito, minha personalidade =) Só o cabelo que fico pensando… acho que vou preferir um penteado, meu cabelo emaranha muuuuito por baixo (desde criança! rs), acho que é por ser mega fininho! rs E se o ambiente está muito quente, ele fica colando nas costas e bagunça… resumo: me dá frescuras! Para não ter um ataque de TOC com o cabelo no dia do casório, talvez eu o prenda! hahahahaha Mas minha irmã se casou de cabelo quase solto, com alguns enfeites… ficou demais!!! É mesmo muuuuito lindo noiva de cabelo solto! E ela também casou no inverno, como você irá. E no inverno, essas coisas de bagunçar o cabelo com o suor não acontecem sempre ou só acontecem quando se deve: curtindo muito seu casamento na pista com muitas pessoas que te amam!!! Vai ficar lindíssimaaaaaa! 😉 Beijos, querida! E Feliz Páscoa! =^.^=

  9. Nossa…minha mãe chorou demais quando a Di morreu. E ouvimos um cd do Elton John por meses. Até hoje quando escuto Candle in the Wind, lembro da tristeza da minha mãe rs

  10. Esse post veio a calhar! Quem mais assistiu o Globo Repórter hoje? Como a Lady Di era… uma lady!!! Eternamente maravilhosa. E que casamentão lindo =) Sexta-feira será o da Kate. Vou espiar pela TV com certeza! Afinal, não é todo dia que surge uma princesa para dar vida aos nossos contos de fada! hehehehehe Beijos, meninas! =)

  11. Amei esse post. Me fez dar uma relaxada e voltar a sonhar… pensar no que eu desejo e menos no que é possível! rs Pra mim, o mais importante de tudo que você escreveu foi “Não vou me sentir eu.”
    E isso é o que realmente importa! BeijoOoOo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s