Pequenas decisões, grandes resultados – Estanplaza Hotel

Vou ser bem honesta com vocês. Ao contrário do que eu pensei que seria, não é nenhuma das grandes partes da festa de casamento que está me atrapalhando toda: são os detalhes. Tudo de grande que tinha que ser fechado, a TOP já fechou. Agora eu estou lidando com detalhes. Todos. De tipos vários. Detalhes de mil coisas que eu mesma inventei.

Vou personalizar o kit toilet ou vou deixar normal? Vou fazer teste de cabelo e maquiagem agora ou mais perto? Vou para o hotel depois do casamento com o carro da noiva ou de táxi? Como vou fazer com as fotos do casamento no cartório? Como vou fazer maquiagem na segunda para gravar a retrospectiva -sim, fui euzinha que escolhi o dia…rs Esperta.

Entre tantas outras perguntas que tiram o sono de qualquer uma sobre o tipo de laço que eu vou fazer na caixinha de vidro com as amêndoas dentro e como vou sobreviver se as saboneteiras dos meus banheiros forem diferentes uma da outra porque o Gustavo torrou e me fez decorar um banheiro de cada vez.

Mas agora está ficando cada vez mais claro para mim que toda e qualquer decisão que eu tomei fez e faz a maior diferença: não vou nem falar da assessoria porque acho que é ponto pacífico para todo mundo. Eu acabei de mandar um email gigantesco para a Karina e a Gabi com inúmeras dúvidas aleatórias de coisas que eu tenho que resolver com elas e sem elas.

Sério….nunca, mas nunca mesmo se case sem uma assessoria – especialmente se você for neurótica com detalhes tipo essa-pessoa-que-voz-fala-que-jura-que-nunca-foi-diagnosticada-com-toc-só-um-perfeccionismo-exagerado-de-acordo-com-a-psico.

Mas uma master preocupação que eu tinha era em deixar todo mundo bem. São Paulo não é das melhores cidades para quem é de fora e não conhece andar por aí. Não sei se quem mora nas outras cidades do Brasil tem noção – e eu nunca tinha pensando nisso até ver que o Gustavo achava um absurdo eu desconhecer um bairro ou uma rua… – mas a coisa aqui não é brincadeira. A gente encara 20 ou 30 km como se nada fosse para ir de um lado para o outro da cidade. A gente se perde feio. A gente passa reto e nunca mais consegue voltar para aquela rua.

Imagina quem não nasceu e nem mora aqui? Ou que nunca veio para a ex-Terra da Garoa?

A gente reconhece quem é “de fora”. Lembro que várias vezes quando eu era criança e meu pai via alguém com medo de mudar de faixa no meio do trânsito, atrapalhando a nossa saída ultrasônica no farol (e não, ninguém aqui chama de sinal ou sinaleiro acho) ou com dificuldades em estacionar e não atrapalhar todo o trânsito concomitantemente meu pai dizia: pode olhar a placa, é “de fora”.

Sério, não é preconceito nem nada. Aliás, acho que poucas cidades são tão abertas para receber gente de outros lugares como São Paulo – que o digam meus pais e toda a minha família: sou a primeira geração de paulistanos. Mas acho que a gente tem umas manias e umas neuras muito nossas, do mesmo jeito que todo carioca batia o olho em mim e antes de eu abrir a boca dizia: Quanto tempo faz que a paulistana não vê praia?

E aí começavam a me explicar que bolacha era biscoito.

Ou quando eu quase mandava beijo de felicidade para os catarinenses cada vez que eles (sempre) paravam para me esperar atravessar, no melhor estilo “A Europa é aqui”, bastanto parar perto do meio-fio. Eu morreria atropelada fácil fácil aqui. Por uns três motoqueiros e dois ônibus. Lotados, claro.

São essas diferenças culturais, linguísticas e comportamentais que fazem a convivência ser tão legal. Até hoje eu e o Gustavo descobrimos palavras que falamos de maneira diferente!

Mas fiquei sim preocupada quando pensei que 99,9% dos convidados do Gustavo vem de Minas, não só de BH mas do interior e de lugares anteriormente desconhecidos para mim – que sempre me gabei de mandar muito bem em geografia. Além disso, boa parte da minha família vem do interior também. No meio de um monte de gente que sim, já esteve em São Paulo várias vezes. Mas sabe, é diferente quando você vem a trabalho ou a passeio e quando você tem uma festa de casamento com hora e que vai requerer descanso e cuidados com roupa, cabelo e maquiagem que só um XX poderia entender.

Além disso, ficamos muito preocupados com o tanto que as pessoas estariam gastando pela gente: deslocamento, hotel, refeições, roupa, cabelo, maquiagem….coisas que não custam nada barato. Não queríamos que ninguém tivesse um rombo orçamentário para viver esse momento com a gente…

Junto a um tio dele, o Gustavo conseguiu um ônibus de viagem todo pã-pã-pã leito e com ar-condicionado para aqueles que não viriam de avião pela metade do preço de uma companhia que faz o trajeto normalmente.

E a primeira ideia foi o F1. O hotel, sabem? É muito bom para curtas estadias. O quarto é pequenininho com um banheiro meio duvidoso estilo CRUSP, mas o preço é sempre muito mais baixo do que o resto da rede hoteleira. Mas tinha um problema: check in só ao meio-dia. O Gustavo não achava um problema, ele tinha certeza de que todo mundo chegando lá de manhã no sábado seriam já encaminhados para o quarto. Eu, por minha vez, só conseguia imaginar o pessoal chegando cansado de viagem (BH-SP cansa demais) e tendo de esperar até meio-dia para tomar um banho e cair na cama dormir um pouco!

Tentei falar com o F1, pagar meias-diárias para o pessoal entrar de manhã. Nada feito. Zero flexibilidade, como já me havia alertado a Gabi.

De hotel em hotel fui tentando todos na região da festa. E só apareciam preços exorbitantes o que na minha cabeça não fazia sentido nenhum porque o fluxo hoteleiro aqui em São Paulo é durante a semana. Em outras palavras: a não ser que tenha algum evento específico como F1, F-indy, Parada Gay ou Salão do Automóvel, São Paulo não é uma cidade onde as pessoas vêm a passeio. Normalmente os hotéis ficam cheios durante a semana porque as pessoas vêm aqui a trabalho. Então quando a procura é menor, os preços deveriam ser condizentes, não?

Mas nada.

E de mapa em mapa no google maps, achei o Estanplaza-Funchal, bem perto da minha festa. Surtei. Era um hotel 4 estrelas, com todas as comodidades e mimos que EU gostaria de ter. Então bom para recomendar (esse é meu ponto de partida para recomendação de qualquer coisa).

Fachada Estanplaza-Funchal

O apartamento é bem maior que o do Formule 1, ainda com uma salinha antes do quarto…o que me parece ótimo considerando que várias pessoas da família ficam por ali e ninguém tem que ficar sentando um na cama do outro para conversar e colocar o papo em dia – eu tenho HORROR que sentem na minha cama! hahahahahaha

Não para por aí – piscina, sala de ginástica, sei lá o que, mais isso e aquilo…e uma SALA DE BELEZA.

Sério, achei tudo o máximo. Mas faltava ligar para lá e ver a quanto sairia tudo isso. Sempre o x da questão.

Já fui logo muito bem atendida e me passaram para a Roberta, da área de eventos. Um doce. Sabe quando a gente acha alguém que tem paciência com noiva e com todos aqueles problemas que a gente tem porque zilhões de coisas não dependem da gente? Desse jeito. Sempre me senti muito a vontade para escrever para ela, seja por dúvida ou problema – o único que tivemos – que ela resolveu em coisa de 5 minutos. Sem brincadeira, meus convidados estão fazendo reservas há mais ou menos 2 meses e eu nem fico sabendo… tudo ok, direto no hotel.

Aliás esse foi um dos fatores diferenciais: o Estanplaza, na pessoa da Roberta, deu jeito para tudo que eu pedi. Já pensou se a essas alturas do campeonato tivessemos que lidar com reservas de convidados? Em vários hotéis que liguei era necessário fechar um bloqueio de grupo e pagar por ele. Mas como, se eu não sei quantas pessoas vêm afinal? Ou quem traz acompanhante? Ou quem chega que horas?

No Estanplaza, meus convidados ligam ou mandam e-mail para os contatos que a Roberta me deu, passam seus dados e dizem que é para o casamento do Gustavo e da Thaise, puft. Automaticamente pagam a tarifa especial (vocês sabem que tarifa de hotel depende muito do dia, da quantidade de pessoas envolvidas no bloqueio, dos eventos na cidade na época e que, portanto, variam 100%, certo?) e têm direito à todos os mimos oferecidos a eles.

Compare:

FORMULE 1

ESTANPLAZA

Preço da diária: Fixo R$145,00 por quartoCabem até 3 pessoas: R$ 48 por pessoa. Preço da diária:R$175,00 para duas pessoas.Acrescentando R$60,00 é possível colocar uma cama extra. Portanto: 87,50 quarto duplo e 78,50 em quarto triplo por pessoa.
Check in:  a partir das 12h00. Early check in grátis: a partir das 8h da manhã
Check out:  no dia 19/06, 12h00. Early check out grátis: Os convidados podem acordar com calma, almoçar, passear por SP… podem deixar o hotel até às 20h do domingo sem custo adicional.
Café da manhã:  R$ 8,00 por pessoa – famoso por ser ruim. Café da manhã:  Incluso.
Estacionamento: R$  15,00 Estacionamento: Incluso.
Configuração do quarto: padrão – cama de casal com beliche suspensa para terceira pessoa em cima da cama do casal. Não existe um banheiro. Existe um box para o banho, um para o vaso e uma pequena pia com espelho do lado de fora. Os quartos não tem telefone. TVs pequenas. Carpete em todo o quarto. Ar condicionado.http://www.hotelformule1.com/pt-br/hotel-5323-formule1-sao-paulo-paulista/index.shtml# Configuração do quarto:suíte house –  27m2, carpete de madeira na sala e carpete sintético no quarto, cama Queen, Televisão 29” – algumas modelo LCD, TV a cabo, 02 pontos de telefone com voice mail, Varanda em algumas suítes, sala separada,  Ar condicionado, Frigobar, Secador de cabelo, Espelho de corpo inteiro, Cofre, Acesso à internet wireless (pagamento à parte), Inúmeros amenities diferenciadoshttp://www.estanplaza.com.br/estanplazanew/port/360/funchal/estanplaza.html
Distância da festa:  11,3 Km Distância da festa:  1,3 Km
Gasto estimado de táxi para voltar da festa de madrugada (bandeira 2): R$ 31,00 Gasto estimado de táxi para voltar da festa de madrugada: R$ 8,00
 Mimos aos convidados:Nenhum Mimos aos convidados:Carrinho de delícias no Lobby do hotel durante todo o dia 18 de junho.Espaço Beleza do hotel estará reservado exclusivamente para os convidados do nosso casamento (as pessoas vão se arrumar sem sair do hotel, cabelo e maquiagem..mas essas são cenas do próximo capítulo!)Crianças até 10 anos não pagam

Na cobertura, à disposição dos convidados: piscina com hidromassagem e cascata, sala de ginástica
com aparelhos, sauna seca e úmida, ducha,
sala de cabeleireiro e vestiários.

Aí foi só colocar no site e voilà (veja como ficou em http://www.gustavoethaise.com Onde se hospedar em São Paulo?). As coisas começaram a acontecer naturalmente. Todo mundo feliz, porque vimos que pensamos no conforto, no preço, nas possibilidades…e a gente mais ainda por saber que todo mundo estará muito bem acomodado com o que é, definitivamente, o melhor custo benefício não só da região mas provavelmente de São Paulo…

Deu trabalho, mas quando cheguei na Roberta, sabia que seria ali e que daria mais do que certo. No final das contas, tem gente vindo já na sexta, tem gente de São Paulo mesmo que vai dormir no hotel para ficar tranquilo… minha família e a do Gustavo vão ficar hospedadas juntas e eu só lamento que, no final das contas, nem vou pisar lá para ver a bagunça (no bom sentido!) que vai ser todo mundo junto… No casamento da minha prima-irmã em Bauru minha família ocupou o último andar do hotel…hahaha foi a maior festa!

Então na lista dos meus recomendo, recomendo e recomendo está a rede Estanplaza, pelo excelente atendimento, disposição infinita, soluções imediatas e certeiras. É raro a gente encontrar quem consegue entender nossas necessidades e atender a cada uma delas!

Não sei se a Rede Estanplaza opera também em outros lugares do Brasil, mas em São Paulo você pode conhecer os endereços AQUI.

E deixo para as noivas paulistanas, o contato direto da Roberta para que vocês possam recomendar o hotel aos seus convidados:

Roberta Praça
Eventos Sociais
Fone: (55 11) 3059-3284 Fax: (55 11) 3059-3281
eventos.sociais@estanplaza.com.br

Ela nem imagina, mas fez TODA a diferença no meu casamento – na organização, no acolhimento aos convidados e à minha saúde mental! Adorei MESMO. Recomendo, recomendo e recomendo!

Beijos cheios de saudades,

Ise

@ise_pregnolatto

acabo falando muita coisa no twitter que não falo aqui e vice-versa! Só que lá rola de tudo: de informações sobre o trânsito, passando por eventos de casamento, dicas de lua de mel…eu resolvi não separar meu twitter pessoal do NMN porque afinal…eu sou uma só! 😉

tvpregnolatto@gmail.com

Peço perdão encarecidamente caso não tenha respondido seu e-mail ainda. Não fique com vergonha de mandar outro. Ando louca e desorganizada.

Anúncios

10 Respostas para “Pequenas decisões, grandes resultados – Estanplaza Hotel

  1. Oi Ise

    Fico impressionada de como vc detalhe bem o que conta, parece que estou ouvindo vc dizer..acho o máximo! =)
    Quem bom que encontrou um serviço bom e adequado, seus convidados vão ficar muito felizes!

    Beijos
    Mari

  2. é os pequenos detalhes nos deixa de cabelo em pé. eu fico do ldo de cá só de ler.

    Os seus convidados já podem se sentir privilegiados pelo zelo, preocupação em acomodar todos muito bem. e pelo jeito estará.

    Eu já fico pensando nos meus queridos parentes de Mg que virão pro meu casório.

    Melhora ai na voz… pq senão vc não poder nem falar “SIM” para o padre.rsrs

    bjux

  3. Li ateh o fim!!!!! UAU! 😀 (precisava comentar) que bom que achou uma Roberta na sua vida… espero quando precisar, achar a minha…

  4. Ise, suas dicas são maravilhosas e, com certeza, totalmente reliable.
    Fico hiper feliz de saber que você está conseguindo encontrar o que procura. Também sou neurótica, mas com um pouquinho de TOC, rs, então pra mim todas essas preocu[ações são muuuito importantes.
    Boa sorte nesse último mês de decisões.
    Grande beijo,
    naná

  5. Ise, como assim em sampa nao tem um Salao de beleza que abre na Segunda feira??? aqui no Rj eles ja adotaram a ideia de abrir as segundas feiras… Mulheres modernas vao ao salao qq dia da semana…kkk

    Quanto ao Hotel boa escolha mesmo ja oubi mt bem desse Hotel, minha sprimas sempre ficam nele qd vao para sampa. Realmente e uma pena vcs nem pisarem no Hotel a BAgunca que rolara sera parte marcante qd seus convidados lembrarem do seu CAsamento. Posso falar de Carteirinha pois nos casamentos das inhas primas no ES td mundo ficou no mesmo hotel e foi bem legal!!

    bjss

  6. Ai sei como é isso do hotel… a maioria dos convidados são da Bahia e eu moro em SC (no interior). To cansada de procurar algo legal já 😦

    Espero encontrar uma ” Roberta” por aqui.

    Boa sorte com o resto Ise :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s