A minha neurose…Table Plan!

Oi meninas!!!

Passei essa semana inteira pesando as prioridades, o que mais tenho urgência em resolver para começar a pagar e fazer.

Primeira coisa é que não vamos casar na Igreja. Vamos fazer a cerimônia civil no local da festa. Facilita a vida, foca as atenções e o Biel não fica tropeçando com o cansaço. Ainda pensando nele, a cerimônia vai começar cedo por volta das 16:30/ 17:00h, para que ele aproveite com a gente \o/

A lista está aquele drama de sempre, mas não vai ser inferior a 100 convidados, como eu tanto queria, mas pelo que vejo, também não vai passar dos 150. Até o final do ano, a gente descobre hehe

Outra coisa é que casamentos menos tradicionais não tem tanta saída, ou seja, decorações e detalhes vão acabar tendo que ser feitos na mão, então, o quanto antes começamos, melhor. Amigas/madrinhas já estão a postos, pesquisando 🙂 Além de alguns fornecedores muito bacanas já com mil idéias para novos produtos. Novidades em breve!

Com essas informações em mente, vamos visitar alguns lugares que minhas amigas indicaram, restaurantes gostosos e bonitos, com espaço para a festa.

Mas eu quero falar hoje é da minha neurose, do meu pânico. Em todo casamento que eu fui ao longo da minha vidinha, tinha algum convidado sobrando, sambando por mesas de pessoas desconhecidas. Festas em família nem tanto, pois a gente conhece todo mundo, então é fácil e até gostoso matar a saudade. Mas toda vez que vou em um casamento de amigo, sinto dor no coração. Pânico de sentar naquela mesa de gente chata, sem assunto, forçando sorrisos amarelos. Sempre tive pavor disso. Mesmo. As vezes a gente dá sorte, mas em outras tantas, não.

Por essa razão sempre fico encantada quando vejo fotos de table plan! Em uma tradução bem tosquinha seria algo como uma organização de assentos, sei lá! (gramáticas perfeitas com a Ise, ok). A idéia em si é bem simples: você coloca o nome do convidado no lugar reservado para ele. Assim, você pode montar mesas por núcleos da família, por amigos de faculdade, de escola, casamenteiros, amigos avulsos…

Eu NUNCA fui em um casamento assim e ficaria feliz da vida se fosse. Sei que não se faz muito pois dá um trabalhão para pensar, organizar e colocar em prática. Mas sei lá, quando vejo sites gringos sinto que os noivos pensaram com carinho em cada um dos convidados. Você pode ainda, escrever um recado em tags junto com a lembrancinha para marcar o lugar, agradecer a presença…São tantas as possibilidades!

Geralmente se coloca um mural com o mapa das mesas por números e o nome das pessoas, além das identificações nos assentos. Assim, a pessoa entra, olha no mural,acha

sua mesa, procura o número, encontra e senta feliz da vida. Como aqui não existe esse costume, eu enviaria um recadinho no convite, falando sobre esse lugarzinho especial, pensado para a pessoa.

Sei que falar não ajuda a visualizar, então seguem algumas fotos para vocês terem idéias.

Sei que pode parecer um pouco neurótico demais, porém vejo isso com um facilitador na hora de entregar presentes especiais, tirar fotos, entre outras coisas. O tanto de gente que reclama que não sai nas fotos na minha família é um problema sério eheh Ajuda a noiva, os fornecedores, a assessora e o convidado.

Tenho mais uma super neurose que é a foto com pais e padrinhos, mas isso é papo para outro post.

E vocês, o que acham?

Bjokas,

ps- quem adivinhar a table plan que mais gostei hehehe ganha uma beijoca

ps2- um monte de noivinhas e casadinhas escreveram para nós essa semana! Em breve histórias lindas por aqui.

ps3- nesse modelo de blog vocês poderão curtir, twittar e dizer se gostaram ou não do post. Isso ajuda a gente a falar sobre assuntos mais interessantes. Tem dúvidas especiais, quer dicas de cores para a decoração, avise-nos!

Anúncios

8 Respostas para “A minha neurose…Table Plan!

  1. Sabri, fiz no meu e não me arrependo nem por um segundo. O que acaba dando um pouco mais de trabalho é que com a falta deste costume no Brasil, os lugares da festa nāo conseguem entender mto bem que vc precisa de um mapa de onde cada mesa irá ficar. Por não ter este mapa em mãos, apesar de ter colocado quem sentaria em qual mesa, qual mesa seria qual acabou por responsabilidade da assessoria, q por falta de experiência neste sentido, acabou apenas seguindo a numeração das mesas iniciando de um lado do salão. Para quem está acostumado, sabe que precisa colocar a mesa dos noivos no centro e daí se iniciar a distribuição de mesas. Mesmo com este detalhe, não me arrependo 🙂 Eu não coloquei os assentos marcados em nenhum table plan, achei que seria mais prático a recepcionista indicar onde ficava a mesa de cada um. Fiquei com medo que rolasse um bolinho de pessoas na entrada da festa rsrs. A Ise até escreveu um post aqui sobre o meu casamento, e tem uma fotinho dos marcadores de lugar!! Eu super apoio a ideia e acho que mostra um cuidado todo especial com os convidados 🙂 bjusss e boa sorte

  2. Eu queria ter feito e recebi como sugestão das meninas da TOP não fazê-lo porque a gente esbarra em um outro grande problema: convidados brasileiros não RSVP. Sério. Tive umas 20 pessoas que foram sem confirmar e umas 60 que confirmaram e não foram. A questão das mesas no meu casamento é uma grande pedra no meu sapato até hoje….

  3. Olá meninas!!
    Eu e meu noivo desde quando resolvemos quantos lugares teriam cada mesa, já havíamos decidido que iríamos fazer o mapa de mesa, até mesmo para evitar situações constrangedoras… Como por exemplo, termos amigos que se divorciaram a pouco tempo mas não queremos que nenhum deles faltem a nossa festa, então não cometeremos a gafe de colocá-los na mesma mesa nem muito próximos… Outro exemplo é minha professora de ingles que não fala portugues, então temos que ter o cuidado de alocá-la em uma mesa em que alguns amigos entendam o que ela fala para que ela não se sita constrangida.
    Ninguém melhor do que nós mesmo para conhecermos nossos amigos, não é verdade!?
    Mas não havia pensado na idéia do painel, então essa idéia vou levar para a festa…
    Como não tenho acessoria, minha irmã se prontificou a dar uma forcinha para ajudar todo mundo se localizar no salão…

  4. Olá noivas neuróticas! Sabrina, tb não vou casar na igreja e vamos fazer a cerimônia civil no local, e o horário tb será o mesmo, entre 16h30 e 17h. Inclusive foi como achei o blog, estava procurando espaços em São Paulo com jardim e estava pesquisando o Espaço Escandinavo, aí achei o post da Ise sobre a visita dela lá, que pra ela descartou por funcionar somente até as 22h, mas pra mim seria um horário razoável, enfim depois deste post não consegui mais parar de ler e tive que ler o blog inteiro! Quanto a table plan tb acharia fundamental, é mto ruim chegar na festa e não ter mais mesas, geralmente as mesas são grandes (10 lugares) e as pessoas vão ocupando e os lugares vão sobrando e obrigatoriamente vc tem que se sentar com outras pessoas ou que vc não conhece, ou que não queria… mas já li que os brasileiros reclamam desse sistema porque sempre vai achar que foi colocado numa “mesa ruim” ou porque é perto demais da pista de dança, ou porque é longe… difícil agradar convidado. Fora esse fator das pessoas que não confirmam e vão, além da questão mão de obra na assessoria, pois uma recepcionista ficará responsável apenas por isso, mas acho que vale o custo benefício. Acho que vc gostou mais da table plan nº 4. Bjos e ótima semana!

  5. A idéia é ótima se funcionar…
    Eu acredito que funciona se tiver várias assessoras pra ajudar a encontrar a mesa, rs
    Imagina se tiver um local demarcado para cada pessoa e ela lá procurando a mesa e a cadeira que ela deve sentar? Loucura…
    Tive essa experiencia na festa de formatura, tinha mesa demarcada para cada estudante, na entrada a assessora mostrava em um mapa o local da mesa e lá fomos nós na busca… rs

  6. Uma amiga minha fez e ficou otimo. no casamento dela por ser em outro estado e ter amigos que apesarem de serem casado foram sem seus companheiros, e de amigos gringo, pois o noivo morou um tempo fora, eles fizeram a marcação de forma de esse amigos solteiros que falassem ingles com os amigos grincos. E Assim por diante. Eles colocaram no convite um cartão em anexo dizendo o numero da mesa.
    E qd vc chegava so procurava a mesa. Com isso ficou bem fácil. Por exmplo na minha mesa faltou 2 pessoas. em uma so foram duas e faltaram 4. no fim mesmo td mundo ficou na pista de dança. As mesas foram util na hora do jantar .
    amei o novo formato do blog
    bjinhos

  7. alouca, aqui seeeempre quis fazer isso, mas ninguém me dá moral! dizem que os brasileiros não são educados para estas coisas, mas sou super a favor hehe nosso casamento é em janeiro/13 e acho que ainda dá tempo de implementar né? amei seu site, muito mesmo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s